Logística Reversa

Devido ao avanço tecnológico e suas constantes transformações, percebe-se que os equipamentos eletrônicos consumidos pela sociedade atual têm seu tempo de vida cada vez mais reduzido e em decorrência disso, temos o aumento na produção do lixo eletrônico, além do risco de esgotamento de insumos finitos encontrados na natureza.

Sabendo disso, a Essencis MG estruturou a área de Logística Reversa (LR), uma das soluções para este grande problema e, por meio desta tecnologia, promove o desenvolvimento sustentável atendendo às nossas necessidades atuais, ao passo que também garante as necessidades das gerações vindouras.

Certamente a LR está ligada tanto às questões ambientais quanto econômicas, pois além de gerar riquezas através da reutilização de metais preciosos, a tecnologia também gera emprego e renda para o país.

De acordo com a ONU, o Brasil recicla apenas 2% de seu e-lixo, em um mercado que movimenta cerca de R$ 2,5 bilhões por ano. Um estudo conduzido pela Global e-Waste Monitor, aponta que todo ano são produzidas 1,5 mil toneladas de lixo eletrônico no Brasil, o que nos confere o título de maior produtor de lixo eletrônico da América Latina. Pensando nisso, o Decreto 10.240 de 12 de fevereiro de 2020 regulamenta o mecanismo previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos, sancionada em 2010, para que os fabricantes e importadores de sucata eletrônica se responsabilizem pelo descarte de tais itens, com o objetivo de reduzir os impactos no meio ambiente. O sistema deve ser implantado até 2025 nos 400 maiores municípios do país. O cronograma é gradativo, mas em 2021, primeiro ano de funcionamento, devem ser atendidas 24 cidades e absorvido 1% do lixo eletrônico.

O Brasil ainda não possui estudos concretos sobre o potencial e geração de empregos com o sistema de logística reversa em funcionamento, contudo há grandes expectativas em relação ao potencial de empregabilidade, isso por causa de uma cadeia de atividades, outrora não explorada. Segundo Silvio César Junior   Diretor Executivo da Essencis MG, “a Logística Reversa de resíduos da Essencis MG vai de encontro as prioridades na hierarquia de soluções apontadas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos e tem papel fundamental para a Economia Circular, fortalecendo os pilares ESG e o comprometimento com o meio ambiente e com a sociedade”, afirma. 


A Logística Reversa na Essencis MG

Cuidar do meio ambiente e buscar tecnologias sustentáveis é um desafio presente no dia a dia da Essencis MG. Por isso, ao implementar a Logística Reversa, a empresa demonstra seu compromisso com a inovação e desenvolvimento sustentável. A unidade valoriza sucata eletrônica, realizando a separação e destinação de seus compostos para extração de metais preciosos e semipreciosos. Como efeito, contribui com a diminuição da necessidade de mineração, visto que estes metais podem ser reutilizados na fabricação de novos produtos. Além disso, a logística reversa potencializa uma longa cadeia produtiva que gera renda e empregos, além de garantir a sobrevivência de várias empresas.

× Precisa de ajuda? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday